Este texto, em co-autoria com Edward Hug, foi publicado na Revista italiana Psicodramma Classico, editada pela Associação Italiana do Psicodramatista Moreniano. Apresenta uma primeira tentativa de correspondência do conceito de co-inconsciente de Moreno com as contribuições da neurociência. A literatura sobre intersubjetividade explica a operação de um sistema de neurônios espelho, central ao fenômeno de ressonância inconsciente. Algumas das fundamentações teóricas de Moreno relativas ao conceito de co-inconsciente são discutidas, tomando como referência a correspondência de fatos neurológicos observados no início do desenvolvimento da intersubjetividade humana. O trabalho psicoterapêutico com os estados co-inconscientes é abordado juntamente com algumas recomendações para o psicodramatista contemporâneo.

Leia aqui: Moreno contribuicoes na neurociencia – Heloisa Fleury